13/04

A RETC - REVISTA ELETRÔNICA DE TECNOLOGIA E CULTURA DA FATEC JUNDIAÍ – RECEBE EVOLUÇÃO EM VÁRIAS ÁREAS NA AVALIAÇÃO QUALIS DE PERIÓDICOS DA CAPES

A Revista Eletrônica de Tecnologia e Cultura da Fatec Jundiaí teve uma evolução consistente na avaliação Qualis, referente a classificação de periódicos realizada pela CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, em 2016. Na área de Ensino, por exemplo, a RETC passou da categoria B5 para B2.

O Qualis faz a aferição da qualidade dos artigos e de outros tipos de produção, a partir da análise da qualidade dos veículos de divulgação, ou seja, periódicos científicos. Segundo a Fundação CAPES, a classificação de periódicos é realizada pelas áreas de avaliação e são enquadrados em estratos indicativos da qualidade - A1, o mais elevado; A2; B1; B2; B3; B4; B5 e C.

 
 

Em 2009, a RETC teve sua primeira edição publicada e, em 2011, foi indexada pelo Sistema Latindex – Sistema de Informação sobre revistas de investigação e divulgação científica, técnico-profissional e cultural publicadas na América Latina, Caribe, Espanha e Portugal, tendo cumprido 86% dos critérios de qualidade necessários para ser indexada.

Atualmente, dispõe das seguintes áreas do conhecimento em seu periódico: Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo; Ciências Ambientais; Engenharias III; Ensino; Letras/Linguística e Saúde Coletiva.

 

Resultado de imagem para revista eletronica fatec jundiai

A RETC conta com um dossiê temático, aonde o tema é previamente decidido e autores são convidados para publicar em sua área de conhecimento e pesquisa.  Essas temáticas são relacionadas a eventos realizados pelo Centro Paula Souza – Workshop de Pós-Graduação e Pesquisa - e pela Fatec Jundiaí – Encontro de Tecnologia e Cultura. Desde que o Encontro foi lançado há um dossiê específico da temática do evento.

Também possui um espaço de Iniciação Científica para artigos internos, de outras Fatec do Estado de SP e de instituições de ensino superior em geral, além de uma  seção de relato de experiências, de resenha e de projetos de Extensão e Cultura.

 

Para os coordenadores editoriais da RETC, Emerson Freire e Sueli Soares dos Santos Batista, há motivos para comemorar, já que além da área de Ensino, também houve evolução nas áreas de Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo, além de Ciências Ambientais.  Mas, segundo eles, ainda há um importante caminho de crescimento a trilhar, por isso foi instituída uma comissão de professores da Fatec Jundiaí, que planeja a parte editorial e os avanços referentes ao processo de evolução da revista eletrônica.

 

O envolvimento da comunidade fatecana - direção, coordenação de cursos, corpo docente, pareceristas, funcionários e discentes - tem sido fundamental para a evolução da RETC, tanto pelo incentivo sistemático ao crescimento da revista, por meio da produção de artigos de qualidade em todas as áreas, quanto pelo envolvimento e participação nos Programas de Extensão e Cultura e de Iniciação Científica da instituição.     

Sobre a RETC

A Revista Eletrônica de Tecnologia e Cultura, em versão exclusivamente eletrônica, é uma publicação semestral da Faculdade de Tecnologia de Jundiaí (FATEC-JD), do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza do Estado de São Paulo (CEETEPS).

A revista possui orientação pluralista e publica trabalhos científicos de colaboradores nacionais e internacionais que apresentem contribuições originais, teóricas ou empíricas, relacionadas às áreas de Eventos, Informática, Logística, Ciência e Tecnologia e áreas correlatas. Estando vinculada a uma faculdade de tecnologia multidisciplinar, valoriza o diálogo interdisciplinar, abrindo espaços para contribuições de outras áreas do conhecimento.

 

Para mais informações sobre a RETC, acessar o site www.fatecjd.edu.br

Desenvolvido pelo aluno do curso ADS Marcelo Roman Junior Fatec Jundiaí - Todos os Direitos Reservados © 2017                                Atualizações Prof. Rafael Gross